NOTÍCIAS

Compartilhar:

Emilio Franco Jr. - 06/12/2013

Aprovado Acordo Coletivo 2013/2014 da Telefônica/Vivo

Os trabalhadores da Telefônica/Vivo aprovaram, por maioria de votos, a proposta de Acordo Coletivo 2013/2014 negociada entre o Sintetel e a empresa. As assembleias foram realizadas de 3 a 6 de dezembro em todo o Estado de São Paulo.
 
O reajuste salarial será de 6,5% a partir de dezembro. Com isso, será pago também, a título de diferenças salariais dos meses de setembro, outubro e novembro, 19,5% do salário nominal de agosto de 2013, tendo como limite mínimo R$ 740 e máximo R$ 1.480. O pagamento ocorrerá em 18 de dezembro.

O auxílio alimentação (VR/VA) para o setor administrativo será reajustado em 6,07% retroativo a setembro. O valor total passa a ser de R$ 815,76. No caso das lojas, será aplicado o mesmo índice, com valor final de R$ 448,44. Em junho de 2014, estes trabalhadores terão mais 8,15% de aumento, para R$ 485. 

As diferenças do VR/VA de setembro, outubro, novembro e dezembro serão creditados em 20 de dezembro, junto com o crédito de janeiro de 2014.

Auxílio creche/babá para colaboradores administrativos terá reajuste de 7,31% a partir de 1º de setembro, com valor de R$ 300,00. Em junho de 2014, volta a ter acréscimo, desta vez de 5,33%, chegando à quantia de R$ 316,00. Os colaboradores das lojas próprias terão, a partir de 1º de setembro, reajuste de 7,86%, o que resulta em R$ 150,00. 

As diferenças retroativas serão pagas junto com o crédito da folha de pagamento de janeiro de 2014.

O índice de 6,07%, retroativo a setembro, será aplicado no auxílio creche especial tanto para o administrativo quanto para lojas. No caso do primeiro, o valor final será de R$ 859,20. Já para o segundo, ficará em R$ 268,21.

Demais benefícios

Os demais benefícios serão corrigidos em 6,07%. As diferenças serão apuradas e creditadas na folha de pagamento de dezembro de 2013.

• Auxílio Funeral: R$ 5.103,19 (a partir de setembro/2013)
• Quebra de Caixa: R$ 48,12 (a partir de setembro/2013)
• Reembolso por quilômetro rodado: R$ 0,90 (a partir de janeiro/2014)

O Auxílio Babá (extensão da Licença Maternidade) será concedido mesmo nos casos de extensão da licença maternidade para 180 dias, a partir de janeiro de 2014. Além disso, haverá possibilidade de contratação de parentes de 2º grau mediante comprovação de registro em CTPS, também a partir de janeiro 2014. 

No caso do auxílio a portadores de necessidades especiais com comprometimento intelectual, há a possibilidade de reembolso com despesas com escola, pedagogo, terapeuta, entre outros, desde que devidamente comprovadas, até a utilização do limite previsto na cláusula de Auxilio Creche Especial a partir de janeiro 2014.

Haverá pequeno reajuste na complementação do auxílio doença/acidente de trabalho para afastamentos a partir de janeiro de 2014. 

Doença: 100% até 4 meses / 80% após 4 meses até 8 meses
Acidente do Trabalho: 100% até 8 meses / 80% até 12 meses

O reconhecimento da união estável de mesmo sexo será incluído no Acordo. As demais cláusulas e condições permanecem inalteradas.

NOTÍCIAS POR EMPRESA