Notícias

Filtro por empresas

Compartilhar:

Redação - 28/06/2016

Sindicato consegue melhorar escala feita pela Icomon


Após denúncia de um trabalhador e da consequente determinação do Ministério Público (MP), a Icomon implantou uma nova escala de revezamento. O Sintetel foi contra a decisão por entender que prejudicaria os trabalhadores. 

O MP determinou a mudança porque o trabalhador telefônico presta um serviço essencial e também em função da saúde e segurança do trabalhador, para impedir uma jornada consecutiva de quase 100 horas sem nenhuma folga. A Icomon então, sem consultar ninguém, tomou a decisão de implantar a nova escala. 

Mas, o Sindicato nunca concordou com a escala desenhada pela Icomon e negociou com a empresa uma nova proposta que fosse mais vantajosa para o trabalhador. Em assembleias nos dias 9 e 10 de junho, a maioria aprovou essa nova proposta. 

Veja como ficou:

Segunda a sexta
Para 75% do quadro envolvido, a jornada de trabalho normal será de segunda-feira a quinta-feira das 8h às 18h e as sextas das 8h às 17h. Ou seja, como é atualmente. 

Sábado
Trabalho aos sábados será considerado sempre hora extra. Se escalado, o trabalhador será remunerado como hora extra 50% com folga no domingo.

Domingo
Os trabalhadores farão um revezamento, sempre pegando 25% do quadro envolvido, e cada um trabalhará um domingo por mês. Na semana em que isso acontecer, a jornada será de domingo a quinta das 8 às 18h e as sextas das 8 às 17h. Nesse caso haverá uma folga entre segunda e sexta. Essa folga deverá ser cumprida na mesma semana do domingo trabalhado. Em caso de coincidir com feriados será paga hora extra 100%.   

Quais as maiores diferenças?
Na proposta da Icomon o trabalhador faria 4 horas no sábado dentro de sua jornada regular e 4 horas extras. Ou seja, seriam apenas 12 horas extras no mês em três sábados de trabalho. Com os 50%, seria o equivalente a 18 horas extras. Com a proposta do Sindicato, são 8 horas extras por sábado, totalizando 24 horas. Com os 50%, será o equivalente a 36 horas extras no mês. 

A escala negociada pelo Sindicato ainda garante uma folga mensal a mais, passaram de 4 para 5. Vale ressaltar que a Icomon se comprometeu, em caso de diminuição no índice de defeitos, a facilitar a possibilidade de folgas consecutivas. 

As novas escalas estão previstas para começar a valer em 01/07/2016.

O Sintetel é a voz do trabalhador e não tem tendência e nem partido. A assembleia é o lugar ideal para que os trabalhadores debatam, exponham suas ideias e tomem decisões. O lado do Sintetel é o lado do trabalhador.